5 dicas do Twitter para dominar as transmissões ao vivo

Se sua marca ainda não entrou na onda das lives, é importante que você considere a inclusão dessa estratégia dentro do seu plano de comunicação. O conteúdo em vídeo, de forma geral é o que tem um melhor desempenho nas plataformas mais populares. Hoje qualquer usuário conectado consegue transmitir ao vivo até mesmo pelo app do Instgram, a facilidade alcançou níveis extremos.

Essas facilidades vão aumentar ainda mais à medida em que as plataformas mais populares se focarem cada vez mais em conteúdo em vídeo e na fusão dessas funções com os anúncios publicitários.

Tudo isso faz com que se torne mais fácil alcançar um público mais amplo a partir das suas transmissões ao vivo. Mas não é só ligar a câmera e sair falando. Certifique-se de que você tem tempo e energia para acrescentar algo na vida de quem assiste a sua live.

Para ajudar você nessa jornada, o Twitter publicou um guia de 5 passos para começar no Periscope com o pé direito! Aqui vão algumas dicas que você deve considerar antes de entrar no ar.

  1. Crie antecipação.

Ninguém irá te assistir se ninguém souber que você está ao vivo. Crie post’s em mídias sociais, crie eventos na agenda e todo os tipos de alertas que lembrem seu público de que você estará ao vivo e tal data e horário.

avise ao seu público sobre sua live

Envie mensagens em seus grupos de WhatsApp, página do Facebook, feed do Instagram e até mesmo para sua lista de e-mails. Se você tiver um ótimo conteúdo para compartilhar, é preciso que o máximo de pessoas possível seja avisado, sendo assim, é muito mais fácil garantir que sua live tenha engajamento.

A medida em que sua live tem engajamento, é possível que ela seja listada nos Trending Topics do Twitter, como na imagem abaixo:

Lives do Twitter nos Trending Topics

2. Deixe tudo pronto.

Quando você está ao vivo, você precisa que tudo esteja previamente pronto e ao alcance. Caso contrário, você será visto como alguém não profissional, do tipo que faz tudo no improviso.

O Twitter que você tenha esse checklist feito antes de iniciar qualquer transmissão:

  • Realize testes de áudio e garanta a obtenção de um som de qualidade com seu equipamento;
  • Evite transmitir de áreas com ruídos sonoros ou fundos barulhentos;
    Use um tripé ou apoie seu equipamento em algum lugar firme para garantir que sua transmissão não irá ficar tremida;
  • Certifique-se de que seu celular tem carga suficiente para o tempo desejado de transmissão;
  • Faça testes de conexão para medir o desempenho da sua internet antes de começar ao vivo para garantir que sua live não fique travando.

O Twitter observa que os telespectadores das lives não estão esperando por super produções, aliás o que torna o conteúdo mais “pessoal” é isso. Mas é importante usar essas dicas para garantir que você irá tirar o máximo de proveito da sua transmissão.

3. Use o Periscope Producer.

Essa pode ser uma dica mais focada realmente em produtores profissionais. Em outubro do ano passado, o Twitter lançou o Periscope Producer, uma ferramenta que permite que emissoras transmitam conteúdo diretamente para o Periscope através de uma ampla gama de dispositivos que vão muito além de smartphones – incluindo câmeras profissionais, equipamentos de edição de estúdio, desktop streaming, jogos e headsets VR.

Periscope Producer para emissoras

Com essas facilidades em mãos, os produtores podem adicionar mais elementos as suas transmissões, como gráficos e gravações em alta resolução.

Além disso, o Twitter também está pensando em abrir sua API de lives em breve, possibilitando ainda mais integrações a sua plataforma.

Você também pode se interessar por:

4. Escolha um titulo cativante.

Como em qualquer outro formato de conteúdo, a chamada é extremamente importante.

Como aconselhado pelo Twitter:

Seu título de transmissão permite que seus espectadores saibam o que esperar do seu conteúdo. Certifique-se de que seu título de transmissão é relevante, descritivo e versátil o suficiente para ser usado durante o evento ao vivo e imediatamente após. Tente usar emojis em seus títulos para ajudar a destacar sua transmissão. ”

O emojis se mostram muito funcionais no Twitter. Foram mais de 110 bilhões de emojis tweetados desde 2014. Talvez porque os emojis ajudam os usuários a transmitires mais emoções usando menos palavras, uma vez que o Twitter limita o usuário a se expressar em 140 caracteres.

Seu título também ajuda usuários a encontrarem seu conteúdo através de pesquisas. Sendo assim, seu alcance pode ser ainda maior.

5. Capture atenção rapidamente.

Como as lives começam a tocar diretamente do feed do Twitter, você precisa usar estratégias que capturem a atenção das pessoas de forma muito rápida, na velocidade com a qual elas rodam o feed.

O Twitter aconselha:

“Evite longos tempos de início, contagens decrescentes ou períodos significativos de atraso para manter as pessoas envolvidas em sua transmissão.”

O Facebook descreve este conteúdo como “paragem do polegar” e as suas estatísticas são semelhantes – 65% das pessoas que assistem os primeiros três segundos de um vídeo vão ver pelo menos dez segundos. Você precisa dar-lhes uma boa razão para que continuem assistindo.

As dicas oferecidas pelo Twitter são ótimas, afinal não é fácil produzir conteúdo de qualidade ao vivo. Mas os benefícios podem ser extremamente significantes quando uma boa transmissão é feita e agrega valor a vida do telespectador.

Gostou das dicas? Tem alguma dica que também considera interessante? Conta pra gente nos comentários! E não esqueça de assinar a nossa Newsletter para receber conteúdo seleciona toda semana!

Comentários

comentários

Enviado por Daniel Henrique

Publicitário pela Universidade Regional de Blumenau. Coordenador de conteúdo na Spitze Network.