Como exercitar o pensamento criativo para a produção de conteúdo

Pode ser um pouco difícil para quem trabalha com criação de conteúdo manter o cérebro sempre criativo, muitas vezes a falta de ideias novas faz com que o trabalho empaque e você pode acabar se atrasando. Mas saiba que isso é extremamente normal, a maioria dos profissionais que trabalham com criação de conteúdo -sejam eles leves ou densos- acaba tendo aquele momento em que nenhuma ideia vem à cabeça.

Aliás, esses panes acontecem com todos os tipos de profissionais, afinal não são só os que trabalham com comunicação que precisam ter ideias novas, profissionais de todas as áreas são cobrados, é preciso pensar fora da caixa para garantir qualquer tipo de emprego.

Mas a realidade dos profissionais de comunicação pode ser ainda mais assustadora, porque é preciso ter diversas ideias novas para diversos clientes todos os dias. Mas, como garantir isso?

Como ter certeza de que em algum momento do dia o seu cérebro não estará esgotado de tanto tentar criar algo novo? Bom, não há como garantir isso, mas podemos tentar maneiras que estimulam a criatividade, dessa forma será muito mais fácil criar coisas novas e organizar o seu fluxo de trabalho.

Crie uma rotina para conhecer coisas novas.

Crie uma rotina para conhecer coisas novas

Se você vai de casa até o trabalho de ônibus ou metrô, tente conversar com as pessoas que também partilham esses meios de locomoção. Pessoas geralmente possuem muitas histórias interessantes, dentro dessas histórias cabem situações engraçadas, dramáticas e até mesmo outras formas de linguagens e gírias desconhecidas que posteriormente irão enriquecer o seu repertório.

Se você não gosta ou tem vergonha de conversar, leia um livro ou ouça um podcast. Coloque seus fones e aproveite, os podcasts são incríveis, há momentos em que você realmente se sente dentro da conversa, como se estivesse lá com o pessoal do “elenco”.

Ao chegar no trabalho, invés de começar a trabalhar de forma a abusar seu cérebro, dê a ele mais combustível. Leia sites de notícias, alguns vídeos curtos no Youtube, atualize-se. É muito importante para um profissional de comunicação estar por dentro de tudo o que acontece no mundo.

Nem tudo é perfeito, ou pelo menos, nem tudo começa de um jeito perfeito.

nem tudo começa perfeito

A princípio algumas ideias podem parecer uma grande b**ta, mas então faça 30 delas, continue tentando. Junte uma ideia com a outra e então crie algo fantástico. Ou você realmente acha que as grandes sacadas publicitárias foram simplesmente jogadas da boca pra fora à primeira tentativa?

Mas não insista muito em uma ideia, quando as coisas pararem de fluir, deixe aquele projeto de lado e comece a trabalhar em outro. Mais tarde, volte ao projeto anterior e as ideias irão de fluir novamente.

Você também pode se interessar por:

Troque os sinais do além por pesquisas.

Troque os sinais do além por pesquisa.

Às vezes colocamos a mão na cabeça como se uma entidade divina fosse enviar novas ideias, mas isso não acontece -pelo menos nunca comigo. Então pare de esperar que novas ideias caiam do céu e passe a realizar pesquisas. Comece com uma pesquisa básica sobre o assunto que precisa trabalhar, leia alguns textos e veja algumas imagens.

Se isso não for suficiente, vá mais fundo. Veja vídeos, ouça podcasts e a inspiração irá surgir conforme você consome conteúdo sobre tal assunto.

Se precisar produzir conteúdo mais denso, vá mais afundo ainda. Busque por artigos, leia livros, TCCs e afins. Informação nunca é demais. Apenas tome cuidado com a velocidade com a qual consome tudo isso, tente não deixar seu cérebro exausto, porque de nada adianta consumir um grande quantidade de conteúdo se você não estiver em condições de armazenar tudo aquilo.

Busque de forma moderada. Lembre-se de se alimentar, isso é muito importante para o funcionamento do cérebro e a memorização, pessoas com fome geralmente esquecem o que “aprenderam”.

Não faça a linha enjoado.

Não faça a linha enojoado

Para manter-se criativo, é importante estar sempre aberto a tudo. Ouça todos os tipos de música, nem que seja para odiar algum, mas ouça. Talvez você não goste de funk ou de rock, mas é importante conhecer um pouco de cada coisa, isso mantém seu repertório sempre bem abastecido. Sem perceber, você posteriormente irá juntar fragmentos de tudo o que foi visto e ouvido.

Experimente conhecer pessoas novas e peça a elas que te indiquem novas coisas. O Facebook nos prende em uma bolha construída pelos seus algoritmos, nosso feed de noticias está cheio de coisas que gostamos, mas o pior: isso é tudo o que há.

Se você apenas rolar o Feed do Facebook, não irá conhecer nada novo, afinal a rede foi projetada para dar mais e mais daquilo que você gosta. Mas no final das contas, isso é tão monótono quanto uma planta fazendo fotossíntese.

Então lembre de tentar coisas novas, assista aquele programa que você odeia e sua mãe adora. Faça um esforço, ninguém morreu por assistir Zorra Total.

Existem diversas perspectivas, faça uso de todas.

faça uso de todas as perspectivas

Quando você produz muito conteúdo sobre um determinado tema, chega uma hora em que parece impossível trabalhar aquilo novamente. Mas existem diversas perspectivas que podem ser trabalhadas. Esteja atento a opiniões, experimente colocar-se no lugar de outras pessoas para perceber suas dificuldades e então encontrar maneiras diferentes de trabalhar o mesmo conteúdo. Pessoas possuem percepções diferentes, use isso a seu favor.

E faça disso um exercício diário. Quanto mais à vontade você se sentir para experimentar coisas novas acerca de um determinado assunto, maior será sua capacidade de criar algo novo sobre um assunto que a primeira vista, parecia impossível de ser retrabalhado.

Siga pessoas que possam te inspirar.

A internet está cheia de pessoas falando sobre todos os tipos de assuntos que você possa imaginar. Você pode procurar no YouTube uma Vlogger que comente sobre produtos para a pele que custam menos de R$10,00 ou “como enriquecer em 3 meses” e você irá encontrar uma série de resultados. Então com certeza existem pessoas que estão falando coisas interessantes sobre o seu segmento. Siga-as em todas as redes sociais, acompanhe as ideias que essas pessoas propagam e também o modo como vivem, caso você admire.

Comentários

comentários

Enviado por Daniel Henrique

Publicitário pela Universidade Regional de Blumenau. Coordenador de conteúdo na Spitze Network.