As vantagens e desvantagens de ser freelancer

 

Tornar-se um prestador de serviço pode ser uma ótima escolha para quem não está trabalhando ou quer evoluir por conta própria e ganhar experiência profissional. Mas, é claro que existem alguns pontos que devem ser analisados com cautela antes de tomar essa decisão e tornar-se definitivamente um freelancer. A seguir, vamos listar alguns pontos positivos e negativos.

Vantagens de ser freelancer

  1. Networking:

A liberdade de estabelecer contato com várias empresas e outros profissionais é uma das principais vantagens do ramo, seus contatos devem ser clientes em potencial, então quando mais, melhor. Uma vez que você consiga vários job’s para preencher bem seu dia, ao perder um, não irá sofrer tanto impacto, sendo que ainda tem diversos outros trabalhos para realizar.

Desse modo, você também pode realizar trabalhos para diferentes segmentos, fazendo com que cada um seja um desafio e assim mantendo o tédio bem longe de você, diferente do funcionário de uma empresa, por exemplo, que diariamente realiza as mesmas funções.

  1. Quem faz seus horários é você

Ter horários flexíveis é um privilegio do trabalhador autônomo. Você pode organizar seu tempo para fazer aquele curso que tem um preço menor no período da manhã, ir à palestras em dias de semana e também poderá ser útil quando algum amigo ou familiar precisar de alguém em caso de emergências de saúde ou afins.

As vantagens se alargam quando você faz Home office, uma vez que você não fica horas no transito, sendo assim não perde tempo e corre menos riscos. Se hoje você demora uma hora para chegar ao trabalho e uma para voltar, se realizasse seu trabalho de casa, por semana, pouparia 14 horas. Bom, né?

  1. Experiência e portfólio

Uma das grandes sacadas é rechear seu currículo com essas experiências. Você pode se rotular como prestador de serviço e então relatar mais sobre cada job prestado, contando como ajudou cada um de seus clientes.

Como freelancer, você pode trabalhar com variados segmentos e adquirir conhecimento sobre várias coisas em pouco espaço de tempo.

Use os job’s para criar um portfólio bacana, trabalhando para um empresa, quem fica com os créditos sobre o trabalho é própria. Então use essa chance para criar algo de valor e destacar-se.

Desvantagens de ser freelancer

  1. Instabilidade financeira

Você deve dar atenção a este ponto, é importante sempre planejar seus gastos de forma comedida. Mas por que isso? A resposta é simples, é porque como freelancer, seus trabalhos não são fixos, logo seu pagamento também não. Sem também poder contar com benéficos como décimo terceiro e plano de saúde empresarial, é importante sempre reservar uma parte dos ganhos e mantê-los em uma poupança para imprevistos.

  1. Solidão

Se você é daquelas pessoas que se sente triste quando não tem ninguém por perto, talvez essa não seja uma boa escolha. Quando você trabalha em uma empresa, naturalmente o contato com os demais é feito, a rotação de funcionários faz com que você conheça novas pessoas sem sair do seu local de trabalho. Quando você trabalha sozinho, isso não acaba, mas diminui bastante. As pessoas que você irá conhecer a partir de agora são clientes em potencial e parceiros de trabalho, mas o contato não é diário, como em uma empresa.

  1. Pagamentos

Outro ponto a ser analisado é como as empresas para quais você prestar serviço irão pagar por isso. Algumas delas vão exigir que você também seja uma empresa para receber como pessoa jurídica. Você pode tornar-se MEI (micro empreendedor individual) o que torna tudo mais fácil e diminui os agravantes dessa questão. Mas de qualquer forma, é importante realizar seus cálculos antes de aceitar qualquer trabalho para saber se o mesmo vale a pena, uma vez que você não tem ganhos fixos, mas tem custos fixos, mesmo que não perceba.

Sinta-se à vontade para se juntar à nós nos comentários.

Comentários

comentários

Enviado por Daniel Henrique

Publicitário pela Universidade Regional de Blumenau. Coordenador de conteúdo na Spitze Network.